MONTANHAS DO LITORAL

Conjunto Marumbi

O Conjunto Marumbi ou Serra Marumbi é formado pelas montanhas:

A maioria destes picos é separada por diques de diabásio com orientação azimutal. É o caso da separação entre a Torre dos Sinos e o Abrolhos, chamada Desfiladeiro da Catedral e entre a Ponta do Tigre e a Esfinge, Desfiladeiro das Lágrimas. Para conhecer este conjunto rochoso, recomenda-se descer na estação ferroviária de Marumbi. Mas se você já está em Morretes, para visitar este belíssimo cenário, é necessário caminhar. Basta chegar na Vila de Porto de Cima, procurar o caminho das prainhas (Itupava) e seguir por esta estrada, até a Usina hidrelétrica Marumbi (Copel), daí seguir a esquerda na bifurcação até a estação ferroviária de Engenheiro Lange. A partir desta estação siga pela mata caminhando até a estação de Marumbi, que fica no pé deste conjunto. Este percurso se faz por um caminho aberto por volta de 1625, denominado caminho do Itupava, nos tempos mais remotos do Brasil colonial. Foi o mais importante caminho de trânsito de comerciantes e aventureiros. Da Vila de Porto de Cima até a estação ferroviária de Marumbi, o percurso é de 10 quilômetros aproximadamente. Vale a pena conferir.

  • Fim de tarde – Vista frontal conjunto Marumbi
  • Topografia do Marumbi
  • Vista do Abrolhos – Sabor de Aventura
  • Conjunto Marumbi – vista de Eng. Lange
  • Estação Marumbi visto do Rochedinho
  • Vista do Abrolhos – Desafio
  • Marumbi visto do caminho do Itupava
  • Rumo ao Abrolhos - Desafio da Escadaria
  • Estação Marumbi visto do Abrolhos
  • Conjunto Marumbi
  • Lanche no Abrolhos

Pico Paraná

O Pico Paraná faz parte do roteiro dos que procuram aventuras e pelos Aficionados pelo Montanhismo, possui 1877,39 m, sendo o mais alto do sul do Brasil. Foi descoberto por Reinhard Maack e conquistado em julho de 1941. Hoje, passado mais de 18 anos do seu cinqüentenário de sua conquista, continua fazer parte do roteiro dos aficionados pelo montanhismo. O Pico Paraná, destaca-se num conjunto de montanhas (Agudo da Cotia, Ciririca, Ferreiro, Ferraria, Caratuva, Guaricana, Taipabucu, Camelos, Ibitirati, Itapiroca.) em seu entorno já visitadas pelos praticantes deste esporte.

  • Pico Paraná
  • Amanhecer no Pico Paraná
  • Vista do Ciririca
  • Agudo da Cotia
  • Ciririca
  • Pico Paraná
  • Rumo ao Ciririca
  • O homem diante do Pico Paraná
  • Amanhecer no Pico Paraná
  • Nuvens no Pico Paraná
  • Caratuva

Parque Nacional Saint Hilaire/Lange

Este parque de nome complexo é, na verdade, uma homenagem ao naturalista e botânico francês Saint Hilaire e ao ambientalista e biólogo Roberto Ribas Lange. O parque é muito mais conhecido por Serra da Prata e a trilha para se atingir o cume da Torre da Prata pode durar de 6 a 10 horas, dependendo do preparo e dos erros de percurso. Partindo do nível do mar, a subida é longa e repleta de obstáculos. A caminhada é árdua, pois para vencer os 1502 metros de altitude, você sobe um metro a cada passo, é subida que não acaba mais. É recomendável consultar pessoas que realmente conhecem esses percursos para avaliar a sua capacitação antes de assumir esse desafio.

  • Torre da Serra da Prata
  • Vista da Serra da Prata
  • Vista da Serra da Prata
  • Vista da Serra da Prata
  • Vista da Serra da Prata
  • Vista da Serra da Prata
  • Vista da Serra da Prata
voltar